Como acelerar o tempo de produção na indústria: Dicas para acelerar processos

Tempo de produção
Autor: JHM Máquinas | Publicado: 26 abril 2018

O objetivo de toda empresa é aumentar os resultados e os lucros. Para atingir essa meta, várias medidas podem ser tomadas, desde marketing e promoção até o aumento da produção. Mas, para favorecer o tempo de produção na indústria, também há algumas medidas que podem facilitar. Hoje vamos conhecer algumas dicas para acelerar a produção!

A dica geral é fazer com que os processos se tornem mais rápidos mantendo a qualidade.  Aderir a ferramentas tecnológicas é uma das formas mais práticas e eficazes para alcançar um menor tempo de produção na indústria. Elas podem ser incluídas em diferentes etapas do processo, desde a criação da produção até a estocagem.

Automatizando os processos

A automatização industrial é a etapa mais importante para quem quer diminuir e acelerar o tempo de produção nas fábricas.

Uma das principais vantagens de incluir um maquinário inteligente nos processos é que a qualidade não é prejudicada pelo ritmo acelerado; pelo contrário, ela se torna padronizada e uniforme. Além disso, gera uma economia sem igual ao final da produção.

Para incluir um maquinário eficiente, você deve verificar no mercado aquele que se encaixa ao seu produto. No ramo alimentício, por exemplo, há equipamentos específicos para misturar os ingredientes na fase de preparação dos alimentos, além de máquinas capacitadas para embalá-los adequadamente.

Controle de estoque e rastreio de produtos e materiais

A forma como seu estoque é organizado também ajuda a acelerar a produção. Um estoque bem organizado significa mais espaço para guardar os produtos finais, diminuindo essa preocupação e auxiliando no fluxo geral.

Manter o controle sobre a matéria-prima que inicia o processo também é imprescindível para que tudo ocorra da forma adequada, ainda mais após a automatização, que demandará mais materiais para a produção.

Novamente, uma boa tecnologia pode ajudar nesse sentido. Existem diversas opções no mercado que localizam e controlam o sistema de produção, apontando tudo o que acontece no chão de fábrica e fornecendo relatórios detalhados sobre materiais, ações e atividades de funcionários.

Alguns exemplos são os beacons, QR Codes e demais sistemas de RFID. Essas tecnologias permitem inclusive acionar os funcionários em uma comunicação rápida, que favorece ajustes imediatos em falhas encontradas pelo sistema, por exemplo. O rastreio das peças e produtos e o controle total de forma unificada das etapas dentro de uma fábrica ajudam bastante no corte do tempo de produção.

A escolha dos equipamentos

A automatização das fábricas deve levar em conta não só os equipamentos adequados especificamente para o processo, mas também a qualidade das máquinas. Até mesmo as máquinas mais básicas, que não são automatizadas, devem ser escolhidas com cuidado.

As máquinas que possuem melhor qualidade são importantes para evitar problemas durante as etapas de produção, como paradas para manutenção que atrasam todo o processo.

Estar atento ao maquinário, então, é outra ação importante para ganhar tempo de produção para garantir maior quantidade de produtos finais. Ela pode ajudar até mesmo na economia de custos, como é o caso das máquinas pesadoras na etapa de embalagem.

Descubra como as pesadoras podem te ajudar a reduzir custos, como no caso de Vivian Ramos, que confirma as vantagens da máquina.