Máquina empacotadora reduz custo com mão de obra

Máquina empacotadora
Autor: JHM Máquinas | Publicado: 23 maio 2018

No ramo industrial, a mão de obra sempre foi uma questão muito importante e imprescindível. Se por um lado os funcionários são parte fundamental dos processos, de outro lado as máquinas automatizadas ocupam cada vez mais funções que antes cabiam ao trabalho humano, reduzindo essa necessidade. A máquina empacotadora é um bom exemplo de economia com mão de obra.

Esse tipo de equipamento permite diminuir a quantidade de funcionários dentro de um chão de fábrica, já que dispensa parte da interferência humana. A máquina empacotadora possui um sistema que permite embalar produtos de forma prática e quase totalmente automática.

Seu sistema é feito inclusive para gerar as embalagens, possibilitando a compra de bobinas que são mais baratas, já gerando economia a partir desse detalhe. Em relação à mão de obra, a máquina empacotadora exige apenas que o operador insira a bobina, adicione o produto no ciclo e retire o produto já embalado. Para essa mínima interferência, entretanto, ela precisa contar com a ajuda de outros equipamentos complementares, que são a pesadora e a alimentadora automáticas.

Os equipamentos conversam entre si, formando um sistema integrado que cria as embalagens, pesa os produtos e os empacota, finalmente selando-os.

O processo manual que a máquina empacotadora substitui

Em um chão de fábrica totalmente manual, o processo de embalagem exige mais mão de obra por necessitar várias etapas com o intermédio humano. Normalmente, a embalagem é inserida no processo já pronta, o que gera mais custos. A partir do momento em que o empacotamento dos produtos começa, vários operadores atuam até a selagem e retirada.

É comum que um operador fique responsável por primeiro pesar o produto e separar a quantidade ideal para o empacotamento. Outro operador deve colocar o produto na embalagem, que é repassada para a etapa de selagem. Um último operador recolhe as embalagens prontas e as empilha para o estoque.

Experiência: Máquina empacotadora diminui a quantidade de operários para cliente da JHM

Uma vez que a máquina empacotadora faz boa parte do processo automaticamente, parte dos funcionários é dispensada desse processo, podendo até mesmo um só funcionário operar o sistema completo. Essa é a experiência que as fábricas que adotam o sistema automatizado conseguem, economizando na mão de obra.

É o caso da empresa Interneed de soluções elétricas, que, mesmo atuando fora do ramo alimentício, também consegue aproveitar muito bem a máquina empacotadora.

“Depois que nós compramos a máquina JHM, reduzimos de 4 funcionários para apenas um. Tivemos redução de custo, tempo e embalagem”, diz Vivian Ramos, encarregada-chefe da empresa.

Se a adoção de uma máquina empacotadora favorece a economia de mão de obra, a pesadora, que complementa o processo também é importante na economia.

Veja como as máquinas pesadoras ajudam a evitar o desperdício dos alimentos durante o processo de embalagem!