Acelere seu processo de produção com a automação Industrial

Acelere-seu-processo-de-produção-com-a-automatização-Industrial
Autor: admin | Publicado: 09 maio 2019

A indústria alimentícia é um dos setores com mais potencial de crescimento no mercado mundial. Diversos negócios surgem diariamente, novas receitas são criadas a todo instante e produtos são lançados diariamente. O ramo alimentício tem vários setores e cada um segue uma linha de produção diferente, com necessidades divergentes de maquinários.

O agronegócio, por exemplo, é pautado na colheita de vegetais e criação de animais, precisando de equipamentos mais específicos. Mas as fábricas e indústrias de distribuição, que produzem alimentos prontos e industrializados, necessitam de equipamentos mais elaborados, que possam acelerar o processo de produção.

Cada tipo de alimento tem um processo de produção diferente, de acordo com as matérias-primas e a forma como os ingredientes são misturados, mas há uma etapa cuja necessidade se assemelha bastante. Na hora em que o produto está finalizado, chega a hora de embalá-lo.

AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

A automação industrial é um processo muito importante para a produção nos dias modernos. Trata-se de um sistema em que as tarefas ou a maior parte delas são transferidas das mãos de um operador humano para máquinas inteligentes e automatizadas, que são programadas para atuar de forma semelhante. A consequência é um trabalho mais rápido e padronizado, gerando economia de diversas formas.

Com a adoção de máquinas e equipamentos automáticos na indústria, a produção só tem a ganhar. Os benefícios são nítidos quando se pensa em como elas substituem os processos de produção. Entre algumas vantagens, elas ajudam a acelerar as etapas, de forma a evitar desperdícios e gastos com mãos de obra, além de diminuir os riscos de acidentes e fatalidades comuns em fábricas.

Mas uma observação é válida: embora a necessidade de mão de obra seja reduzida consideravelmente, ainda é necessário um controlador para garantir o andamento da produção.

Uma fábrica automatizada se divide entre a parte de controle, ou seja, o trabalho que ainda é de responsabilidade humana e a parte operacional, destinado aos sistemas e dispositivos que movimentam as máquinas automaticamente.

Os sistemas de automação industrial podem ser instalados de diversas formas, desde a escolha de algumas etapas mais importantes até a automação completa. No ramo alimentício, é possível acoplar vários equipamentos em um único sistema, acelerando a produção.

Fábricas e indústrias automatizadas estão mais abertas para alcançar as metas comerciais.

A aceleração e padronização da produção são vantagens fortes para favorecer a competitividade de mercado, uma vez que aumentam a qualidade dos produtos. As máquinas também são menos suscetíveis a erros e reduzem o desperdício de alimentos.

Equipamentos como pesadoras e contadoras geram economia ao separar com exatidão a quantidade do produto a ser embalado, diminuindo o desperdício por conta do peso mínimo exigido por lei. Ao mesmo tempo, junto com os outros maquinários, como as seladoras, empacotadoras e datadores, geram economia também com a mão de obra, que se torna uma necessidade bem mais reduzida diante do trabalho automatizado pelas máquinas.

Automatizar a sua cadeia de produção é uma ação que aumentará consideravelmente a competitividade de mercado e aumentará os lucros de uma forma sem igual.

Gostou deste artigo?

Então Veja também em nosso Blog 3 dicas para começar um negócio no ramo alimentício.